Arte com Papel e Papelão, Por que Não?









Admito, as vezes encarava o papel com um certo preconceito. Sabe, é preciso repensar para não se equivocar com certos materiais. Acabo me surpreendendo com técnicas simples e efeitos primorosos feitos com papel, papelão e afins.
Aprendi a respeitar e cheguei a uma conclusão tão simples que entendi o porque de as vezes ter esta reação, "todo trabalho artesanal depende da criatividade e capricho nele empregados para ser arte de verdade!". Meus professores na faculdade sempre falavam que arte e artesanato não são a mesma coisa, ou seja artesanato não é arte. Jamais concordei, por ver trabalhos de artesanato tão bem feitos e tão criativos que valeriam muito mais que muita "arte" por aí. Além do mais a arte nem sempre é útil ou realmente leva as pessoas a refletirem em suas próprias vidas e nas questões do mundo e no geral o artesanato faz isso, é útil e nos faz viajar por boas sensações, não é verdade?
Mas enquanto esta questão não se resolve, vamos nós com nosso amado artesanato fazendo da vida um prazer especial e uma terapia linda, produtiva.



Todas as imagens deste post são daqui e todas têm passo-a-passo.



Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Que belezura para os olhos amigaaa! Amei e confesso sempre fui preconceituosa com o "pobre" do papelão/papel/reciclados em geral.

    Um abração, #amotu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, eu também era preconceituosa, vinham logo aquelas imagens de papéis retorcidos por causa da umidade e tal...
      Que nada, umedeceu, a gente faz novamente e mais bonito! Hahahaa

      #tambémamotuuu

      Excluir