Sopa de Cappeletti



Olááá, gente amadaaa!!!

Que delícia esse clima friozinho pra gente matar algumas saudades culinárias, né-não?
Eu sempre falo, que bom que Deus é tão sábio em ter feito os climas variados e os sabores diferentes que apetecem em cada um. Concorda? Hehehe

Pois bem, meu povo, bora se inspirar nas panelas também? Então, hoje vamos de sopa de Cappeletti.


INGREDIENTES

1 kg de coxinhas da asa de frango
1 cebola média inteira descascada
2 folhas de louro
1 colher (sopa) de sal, alguns grãos de pimenta-do-reino (inteiros)
1 litro de água ou um pouco mais
½ maço de cebolinha verde picada
1 cubinho de caldo de galinha caipira
1 pacote de capeletti de frango (industrializados)


MODO DE PREPARO

Lave o frango e escorra bem
Coloque o mesmo em uma panela de pressão com o sal, a cebola, o louro, a pimenta e a água (deve cobrir a carne e ficar uns 2 dedos acima)
Tampe a panela e leve ao fogo baixo para cozinhar
Assim que a panela começar a apitar conte 1 hora
Resfrie a tampa da panela debaixo de água fria corrente
Sobre outra panela coloque um escorredor de macarrão e dentro do mesmo escorra a sopa
Espere a carne amornar e desfie a mesma em pedaços maiores (retire as peles e os ossos)
Coloque essa carne dentro do caldo coado
Em outra panela ferva bastante água com sal e um fio de óleo para cozinhar o capeletti
Assim que estiverem cozidos al dente, escorra-os em um escorredor de macarrão e depois coloque dentro do caldo
Leve a panela da sopa ao fogo médio, junte a cebolinha picada e deixe ferver um pouco com um cubinho de caldo
Prove o sal e adicione mais se necessário
Sirva bem quente como entrada de um jantar italiano ou como prato único
Se gostar polvilhe com um pouco de queijo parmesão ralado fino

Fonte da receita: Tudo Gostoso (amo esse site)

Nessa onda culinária me surgiu uma curiosidade que consegui sanar no site Gastronomia, qual é a história do Cappeletti? De onde vem? E segundo o Gastronomia...

A massa foi desenvolvida no século 12, no norte da Itália, em Emília-Romanha, cuja capital é Bolonha.

Cappeletti significa “pequeno chapéu” e recebeu este nome porque seu formato se parecia com os chapéus medievais, em italiano “capellos”.

Os cappeletti surgiram como uma evolução dos ravioli. No século 13, os ravioli já encantavam os nobres e os plebeus do norte da Itália. Esses pasteizinhos com forma quadricular eram recheados com queijo ou com carne.

Com o decorrer do tempo, após muitos enganos na hora de servi-los, passaram a diferenciar um recheio do outro através de formatos diferentes. Os de queijo mantiveram no forma quadricular. Já os de carne passaram a ter a forma de um triângulo, com uma de suas pontas retorcidas. Esta nova forma era semelhante a de um chapéu de bico, e daí veio o nome - cappeletti significa "chapeuzinhos" em italiano. A tradição diz que os ravioli não podem ter carne em seu recheio, enquanto os cappeletti não utilizam queijo. 

Os cappeletti são tradicionalmente servidos em caldo, assim como o tortellini (a diferença entre os dois está no recheio). O tradicional jantar de Natal no norte da Itália começa com cappelletti em caldo Capon.
Fonte: Gastronomia.



E aí? Que tal uma sopinha?
#partiuprovidenciaroscappelettis



Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Ana,
    Que delícia de receita, eu amo sopa.O meu filho mais velho,odeia.
    Seca a sopa com farofa, come um embatumado...rsrs...
    E o do meio é meu sócio na sopa, faz cara de gato do Sherek e fala "mãe, vamos fazer uma sopa?".
    Como aqui a primavera, ainda tá com cara de final de inverno, vou aproveitar sua receita.Besitos e tenha um final de semana abençoado

    ResponderExcluir